A Rede de Bibliotecas de Águeda promoveu, nos dias 8 e 9 de outubro, no Forum da Juventude de Águeda, um ‘workshop’ de preparação para execução do projeto “Loja flash de vender poetas”. Estiveram envolvidos alunos do 2º e 3º ciclos, bem como do Secundário, representativos de todas as escolas do Concelho de Águeda. A nossa Escola esteve representada pela Ana Neves e pelo Paulo Lemos, do 12ºD. O projeto tem, como autora, a atriz Adriana Campos a partir da obra “Vamos comprar um poeta”, de Afonso Cruz.

No dia 10, a loja abriu ao público e vendeu poetas aos alunos de diversas turmas. O 7ºA foi à loja e comprou poetas em nome de toda a ESAP.  E foi mais Inclusão.

 

No âmbito da componente curricular de Cidadania e Desenvolvimento, no sentido de trabalhar os domínios “Instituições e Participação Democrática” e os “Media” os alunos do 8.º ano realizaram uma sondagem eleitoral em que se pretendeu aferir as intenções de voto dos seus familiares e amigos maiores de 18 anos, para as eleições legislativas do dia 6 de outubro.

Em linha com pressupostos da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania, esta atividade promoveu a participação ativa dos alunos, o desenvolvimento de competências pessoais e sociais, bem como o trabalho em parceria com as famílias e as comunidades.

O Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL) envolve três fases: a nível de Escola; concelhia e distrital.

A 1ª fase será realizada na nossa Escola, no contexto da atividade “Chá com Letras”, estando agendada para o dia 22 de novembro, com início pelas 21 horas, na referida biblioteca. O concurso consta de uma prova de leitura oral, individual, obrigatória, avaliada por um júri constituído para o efeito. Paralelamente, haverá momentos de caráter cultural a enriquecer esta Festa de Leitura.

Os livros adotados são:
3º Ciclo: “Histórias da terra e do mar” – Sophia de Mello Breyner
Secundário: “Os da minha rua” – Ondjaki

Os alunos interessados em participar, devem contactar a professora bibliotecária até ao dia 10 de outubro, impreterivelmente.

As ramagens filtravam o sol que, gentilmente, alindava a manhã.

Por entre tarefas repartidas, os alunos Paulo, Mª Inês, César e a professora Helena Pires, do Clube de Leitura, plantaram mais uma árvore no recreio da nossa Escola, no dia 27 de setembro, iniciando, assim, os seus trabalhos clubístico/literários e de amor à Natureza deste ano letivo de 2019-2020. E há quem diga que, dissimuladamente, o sol ensaiava um passo de dança!

No dia 27 de setembro, a Escola Adolfo Portela (ESAP) organizou e dinamizou um conjunto de atividades que serviram para marcar o Dia Europeu do Desporto Escolar e para dar a conhecer as modalidades que são praticadas no âmbito desta competição na ESAP.

Esta cerimónia contou, na abertura, com um conjunto de atividades de exibição, dinamizadas pelos atletas dos seguintes grupos/equipas: Futsal (Juvenis Femininos), Futsal (iniciados masculinos) Ténis (Misto), Natação Adaptada (Misto), Andebol Feminino, Boccia (Misto) e Natação (Misto).
Para além disso, ao longo da manhã, todos os alunos puderam experimentar as várias modalidades oferecidas no âmbito do Clube de Desporto Escolar da ESAP, nas aulas de Educação Física.

Segundo Hélder Nolasco, coordenador do Desporto Escolar da Escola Adolfo Portela, “assinalar o Dia Europeu do Desporto Escolar é uma aposta da ESAP que visa fomentar a prática da atividade física enquanto condição para a formação integral dos nossos alunos, com o objetivo de atingirem as competências essenciais que lhes permitam uma realização plena na sua vida adulta”, concluiu.

Go to top